Vejo como a chuva

Olho pela janela e vejo a chuva escorrendo na vidraça. 
Lambro de tanta coisa que já se foi,
tanta chuva que já bateu, 
tanto tempo que já .
Percebo além do olhar, 
pressinto diante do sonhar.
Foi tanto, o que o vento já levou.
Tão pouco ao tempo sobreviveu.
Olho na janela e vejo a vida indo,
como o aguaceiro que escorre pelos vidros.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Se gostou comente, mas prometo melhorar no próximo

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger